Bilhetinho que eu devia deixar na tua bolsa no Sábado pra você encontrar na hora de pagar a conta do Salão.

You strong enough to be
Why don’t you stand up and say
Give yourself a break
They’ll laugh at you anyway
So why don’t you stand up and be Beautiful

— Marillion, Beautiful, 1995

Você se preocupa tanto com o cabelo e eu acho tão lindo quando deita no meu colo e se levanta para olhar a TV e ele está meio bagunçado.
Teu perfume é muito gostoso, mas se fosse outro, mesmo daqueles baratinhos que vendem no mercado, em você também seria uma delícia.
Aquela lingerie transada, vermelha e cheia de rendas, eu prefiro quando você usa uma básica discreta que não chame mais a atenção que teu corpo.
A sombra, acho que é esse o nome, combina tão bem com teus olhos e cabelos. O batom, nunca vi ninguém que deixe os lábios tão bonitos! Fico um perigo quando os vejo realçados. Mas a coisa mais linda é quando eu acordo e te vejo ainda ao natural, dormindo ao meu lado. Ou talvez seja quando você acaba de passar aqueles lencinhos pra tirar a maquiagem e vem pra baixo do cobertor?
O esmalte, e há uns tempos você pegou mania de esmaltes, lembro que quando te conheci era sempre o mesmo, cada um que você usa te dá um ar diferente, sempre incrível. Tuas unhas não tem aquelas pelezinhas como as minhas.
Eu gosto da maioria das roupas que você tem no armário, principalmente aquelas justas, as curtas e as decotadas que mostram teu corpo, as longas e as pesadas que te cobrem inteira, o sobretudo que você às vezes usa no inverno, aquelas roupas surradas que você usa em casa, os pijamas de flanela, aquelas camisas discretas que você põe quando tem algo formal no trabalho, também as camisetas básicas que você compra baratinhas, não sei ainda qual sapato eu prefiro. Até aquelas roupas que te compro e percebo que não acertei o tamanho rs. Acho que, na verdade, gosto de teu guarda-roupa todo, ele tem muito bom gosto.
Eu queria que você soubesse que gosto de tudo isso que você faz, eu acho que por vaidade, e gosto de imaginar que seja pra mim. Mas tenho certeza de que nada disso te deixa bonita. Pelo contrário, isso tudo só funciona porque você já é linda!

133415d1363927755-orchid-wallpapers-orchids-pic-1920-x-1200

 

Tentativa

I was / I am / I am to come / I was / I am / I am to come / I was / I am
— Aphrodite’s Child, ∞ in 666, 1972

Eu? Você? Cadê? Aqui.
Como é que se faz isso aí?
Me diz pra começar
se a gente esconde o espelho.
aumento ou não o som?
Desligo a TV?
Tem gente na janela.
Como é que se respira?
Esquece o celular.
Cadê o meu joelho?
Será que assim tá bom?
Aquele negócio, cadê?
Ainda está com ela?
É mesmo assim que se respira?
se não der certo…
… a gente se vira
Deixa rolar.
Se está errado, tanto faz.